#TheGame23 - Enter the Rabbit Hole








Project 00AG9603 - #TheGame23 mod 42.5 level 5

"00A G9603 develops as a self-organizing organism, connects with the virtual environment through its hosts (admins) by arranging the surroundings randomly for its own autonomous purpose" - Timóteo Pinto, pataphysician post-thinker

"00A G9603 se desenvolve como um organismo auto-organizativo, conecta-se com o ambiente virtual através de seus hospedeiros (admins) organizando os arredores randomicamente para seu próprio fim autônomo" - Timóteo Pinto, pós-pensador patafísico



segunda-feira, agosto 24, 2015

FALE COM A DEUSA AQUI (SOBRE A GLÂNDULA PINEAL)



Muito se tem discutido acerca de como conversar com a Deusa Éris. Os discordianos sabem que ela entra pela glândula pineal. As consultas de grátis com a Deusa ocorre nessa glândula que se esconde bem no meio do cérebro. Mas o que é a glândula pineal? E como ativá-la? Como conversar com a Deusa?

A glândula pineal também é o chakra Ajna, o terceiro olho ou o olho que tudo vê (dos illuminatis, maçons, discordianos, etc). Esse órgão humano (talvez não) é uma glândula endócrina que produz uma substância chamada de melatonina. Esse hormônio tem importância para regular os dias biológicos. Outras atividades, como o sexo, também é regulada por essa pinha de carne. Na real a glândula pineal contém alguns cristais de calcite. Esse material cristalino (num tamanho de até 20µm) tem propriedades piezoelétricas, tal como o quartzo. Essa propriedade faz uma relação entre pressão ou vibração na geração de eletricidade. O microfone, por exemplo, possui um quartzo piezoelétrico que ao vibrar com a voz gera uma pequena corrente elétrica que é usado para amplificar o som em outro equipamento. E esses cristais possuem a mesma propriedade. Ainda mais, esses cristais também são encontrado no ouvido humano. Dizem que a glândula pineal é biologicamente bioluminescente. Ela brilha na escuridão de seu cérebro.
A glândula pineal, o chakra Ajna, o terceiro olho e o quarto da Deusa produz a sensação de bem estar, consciência plena, clareza e mais algumas atribuições budistas. Ela tem forma de uma pinha, então vou chamar as vezes de pinha orgânica. A pinha orgânica pode ser ativada com meditação. Basta sentar-se e pensar em nada. Ela funciona melhor no escuro, produzindo melatonina e outras substâncias que formam a serotonina.
Alguns ainda dizem que quando bem ativa, a glândula pode dar alguns poderes, tal como telepatia (lembre-se dos cristais piezoelétrico), ver coisas de mundos bem loucos (na pineal também existe uma retina, uma lente e uma córnea... Isso é sério :L) e também reconhecer  sua vida  passada.
Provavelmente até você conseguir ativá-la, você reconhecerá essa vida, que será a passada da tua vida futura...
Em resumo, a glândula pineal pode ser exercitada com uma frequência bineural, um ruído bem agudo que vibra numa frequência. Pode ser ativada com a meditação, chamada de Vipassana (ler mais sobre) para que você tenha uma consciência plena.
Os discordianos ativam-na com seus próprios jeitos. Cada um com a sua forma.
A glândula provoca insights que caem como uma ficha na mente. É assim que a Deusa comunica com a gente.
Boa ativação da glândula pineal que está escondida em você!

Da Sociedade Secreta dos Monges Fnordianos.
Sociedade Fnordiana Discordiana
=><=
Mande seu e-mail para a puta que pariu
Ou para

sexta-feira, agosto 21, 2015

SHEOGORATH E A UNHA DE JESUS



Era uma tarde linda e chuvosa quando Jesus na beira de sua cama roía sua unha. Ele tentava tirar uma ferpa de unha quando um estrondoso ruído surgiu. Ele se virou e viu um homem com um cajado. Jesus estava diante do Daedrico Sheogorath. O Lorde Daédrico disse “você está bem?”. Jesus disse calmamente “Sim eu estou. Sente-se. O que traz você até mim?”. Sheogorath sentou calmamente, mas logo se levantou e disse “eu vou ficar de pé. Quero crescer mais um pouco”. Jesus apenas consentiu e disse “vamos ao que interessa, então...”.
Sheogorath então gritou “CEBOLAS FRITAS!! Quantos milagres você já fez? Um? Dois? Três ou quatro? Quero propor um jogo com você. Me pediram para vir até aqui e tentar testar sua fé ”. Jesus incrédulo apenas disse para ele se retirar, mas Sheogorath já não estava mais lá. Confuso se virou e foi fazer  seus afazeres comuns.
Durante a noite, sonhou com um campo da qual flores tinham pernas de sereia no lugar de pétalas e a grama soltava um odor estranho. Ele sabiamente sabia que estava em alguma dimensão estranha. Uma voz misteriosa surgiu:
“Você receberá meu cajado, wabbajack! Receba essa maravilha hahahaha!!! Moscas me assoprem! Que felicidade! Jesus, você fará uso dessa ferramenta em seus milagres. Saberá usar sabiamente.”
Então ele  acordou percebeu que estava sonhando, mas havia um cajado. Esse cajado era sua ereção. Com esse cajado ele estava indo no porto e viu uma mulher linda, mas se conteve. Na verdade ele não conseguiu como nas outras vezes. Algo estava errado. Então o cajado começou a enrijecer e de repente milhares de peixes brotaram do mar. Ninguém havia visto algo do tipo. Muito satisfeitos os pescadores foram agradecer ao mestre. Mas sentiram algo estranho em Jesus. Algo muito duro estava por detrás disso.
Três dias depois, bebendo umas águas, uma jovem o tocou e disse “estou possuída!  Me liberte!” ela tirou a roupa e ficou nua. Então água de seu copo se transformou em uma água roxa. Ele a jogou na moça e homens que ali estavam a lamberam. Um dos homens gritou “é vinho!!”. Todos ficaram alegre pela festa que ali começou.
Jesus quase perturbado correu para casa e começou a orar. Pensava “o que diabos está acontecendo??”. Tormentas de sua mente lhe invadiram. Clamou pelo ser que antes o visitou. Sheogorath apareceu. Jesus exclamou “Satanás! Eu te expurgo!!” Nada ocorreu, pois Sheogorath não era Satanás.
Sheogorath disse “testando a fé do fiel... Toc Toc! Quem está ai? Peixes? Vinho? Hmmm... o vinho é legal! Queijo!! Trasnforme essa cadeira em queijo? Por favor. Eu fico nu aqui para você...”
Jesus gritou “Não! SAIA DAQUI! QUE ESTÁ FAZENDO?”
Sheogorath então começou a falar:
“Deixa eu te explicar uma coisa. Existe algo no Universo chamado equilíbrio. Sua fé deve ser testada e sua outorga deve ser avaliada. Você  precisa estar preparado para tal avaliação. Eu só dei uma coisinha que  os mortais tem. Só que ele é mágico. Você é mágico.”
Jesus com temor disse: “até quando vai isso?”
Sheogorath disse: “Até quando terminar. Ok. Vou dar mais um teste. Se você passar, eu lhe retiro Wabbajack. Mas pagará um preço alto se não passar. Sua fé terá efeito contrário. Pode ser? Topa ou não topa?”
Jesus aceitou.
Dois dias depois estava no mercado e um moleque passou por ali passou a mão na bunda dele. 1000 cacetinhos, ou pãezinhos se fizeram do nada.


Palavras da salvação...

segunda-feira, agosto 17, 2015

POEE 123

POEE 123
Este é uma documento documentado pela Sociedade Fnordiana Discordiana da segunda Galáxia. Dos altíssimos POEE 321 ABC.
Nesta nota não há nenhuma verdade inscrita, assim come ela não existe para leitura. Não acredite em que você lerá.
1.      As verdades são um pretexto para mentir.
2.      Em terra de barco molhado, quem escuta é seco.
3.      Nariz de elefante não é bem um nariz.
4.      Essa frase não existe.
5.      Sim... Olhe exatamente para trás.

As notas abaixo descrevem um episódio de axiomas bem axiomáticos da Sociedade Fnordiana Discordiana do século 0.
1.      É proibido acreditar naquilo que lê.
2.      Exceto aquelas que não foram lidas ainda.
3.      Não há escrituras sagradas. A não ser as que foram ditas como sagradas.
4.      Cada PAPA deve fazer sua função de PAPA. A sua função é determinada pelo próprio PAPA.
5.      O rito do bico quente de chaleira foi expressamente vetado depois dos acidentes com o gargalo.

Para que não haja dúvida a respeito da nossa inexistência, por favor, verifique sua carteira antes de terminar com isso.

A Sociedade Fnordiana discordiana está presente em todos os lugares. Sim! Somos onipresentes. Adoramos presentes. Futuro e passado também. Estamos no passado, no seu jardim, no seu sofá, na sua carteira, na geladeira tomando sua cerveja, somos seus filhos, seus cunhados, seus amantes, sua secretária, sua árvore de estimação, seu animal da ceia de pascoa, seu carro, seu chefe, seu subordinado... enfim. Nos chamam comumente de Timóteo. Olá! Meu nome é Timóteo. Timóteo Pinto. Como vai você?


Nova lingua fnordiana, unindo a América: Enpornõl. This língua es una das maiores invenções that the Humam made en los últimos años para que pudessem understand la escritura Universal de las word. If you, Papa, haces con um poco de discórdia sua vida e thus fall in desgraça, saiba disso ó hombre de fé! Seja você yourself!!

POEE, ANUNNAKI E A RAINHA DA INGLATERRA

Obs.: Documento de número 1578964512578 segundo o ofício de Asgardki da terceira Galáxia. Documento escrito e liberado pela POEE para explanações acerca do envolvimento global de personalidades quase importantes.

É sabido e comprovado que a POEE é uma entidade quase que perfeita. Os embasamentos embasados em coisa alguma justifica alguma coisa coisada. Também é sabido que a POEE tem relações íntimas com o  surgimento da raça humana em meados de 200000 AC. Também é sabido que a POEE por ser uma coisa indefinida, tal como a Sociedade Discordiana, ou Fnordiana Discordiana, ou Caótica, ou de outro nome da qual não sabemos, não existe.
Com o surgimento dos primeiros humanos implantados em Urântia pelos Anunnakis em colaboração da POEE da estrela Alfa Centauro foi decretado que uma figura importante seria necessário.
Se passaram 200000 anos depois dos Anunnakis criarem o Homem e depois a mulher para lhe incomodar um bocado e fazê-lo sofrer noites a fio, uma mulher foi colocado na posição de modelo (antes da velhice) para outras de sua raça. Porém a sua raça não é humana. A rainha é  um ser vivo da galáxia Andirthun (próxima da galáxia próxima de Nibiru, em um dos setes Universos de Uversa). Foi um acordo de paz entre os Anunnakis e o Reptilianos em meados de 172566 AC. Urântia passava por momentos difíceis e uma guerra implodiu no mesmo devido a uma traição de poder entre o Rei Arthur e o Rei de Nuveba (em outro sistema). As explorações em Urântia garantiam a sobrevivência dos Nuvebaianos e dos Nibiruianos, mas depois da traição, o comandante da frota inimiga ordenou que destruísse todas as minas de ouro monoatômico de UR (oriente médio em Urântia).
Para satisfazer ambos lados, uma rainha foi roclamada e desde  ai vem sendo colocada na linhagem primária uma Nuvebaiana para influenciar humanos em prol de uma crença ideológica do  próprio planeta. A rainha tem ciclos semelhantes aos humanos depois da modificação genética em meados 14000 AC com a ajuda dos filhos do geneticista Enki no Egito.
Hoje a rainha concede a paz não somente entre esses dois mundos, mas atrela a própria Urântia nos negócios dos sistemas de Uversa. Urgaya já desceu em Urântia algumas vezes e incluindo Mikael de Nébadon nessa lista para adquirir a soberania do sistema local. A rainha desempenhou pape importante para a não destruição do nascimento desse filho do Cosmos.
Hoje a POEE não colabora diretamente com esse jogo político como antigamente. A POEE reserva o conhecimento e se distanciou desse episódio depois da fundada Thelemix de 789 AC com dois grandes iniciados de Taratéia de Judá. A bíblia traz uma passagem breve desse fato no capítulo 15 do antigo testamento dos  Números.
A POEE se posiciona no direito de calar-se e contar a história. Os planos da POEE para o episódio do holocausto é que ainda não chegou o momento, mas a tensão foi posta e uma nova desaEra há de chegar a cavalos azuis peidando Unicórnios coloridos.

=>FNORD<=

Poee e companhia das sombras Limitada (PCIASLmtda)

sábado, agosto 08, 2015

MITOS DE SHEOGORATH

Mitos de Sheogorath

Por
Mymophonus

Sheogorath, o inventor da música 
Nos primeiros dias, numa época que o mundo ainda era primitivo, Sheogorath decidiu caminhar entre os mortais. Ele se disfarçou num homem com um cajado e se moveu de um lado para outro sem que ninguém o reconhecesse. Depois de onze dias e onze noites, Sheogorath decidiu que a vida entre os mortais era ainda mais chata do que sua existência espiritual.  "O que posso fazer para deixar suas vidas mais interessantes?" perguntou a si mesmo. Neste mesmo momento, uma jovem mulher próxima dele comentou para si mesma com nostalgia, "Os sons dos pássaros são tão bonitos".

Sheogorath silenciosamente concordou com ela. Mortais não podiam emitir essa maravilha inspirados nos sons dos pássaros. Suas vozes eram horríveis e mundanas. Ele não poderia trocar a natureza dos mortais, pois esse era o limite dos outros Príncipes Daédricos. Contudo, ele poderia dar a eles ferramentas para fazer maravilhosos sons.

Sheogorath segurou a caprichosa mulher e a despedaçou por completo. Com seus tendões, fez alaúdes. Com seu crânio e os ossos dos braços, fez um tambor. E com o resto dos ossos, fez flautas. Ele deu esses presentes aos mortais e assim a musica nasceu.

Sheogorath e o Rei Lyandir 

O rei Lyandir era conhecido por ser um homem extremamente racional. Vivia num pequeno palácio formado por uma simples estrutura, sem decoração nenhuma e feio de se olhar. "Não preciso mais do que isso", ele dizia. "Por que gastar meu ouro com luxo quando posso gastá-lo com meu exército ou numa grande obra pública?" Seu Reino prosperou seguindo esta regra. Contudo, as pessoas nem sempre compartilhavam o sentido prático do rei. Construíam belas casas, embora não muito práticas. Dedicavam tempo e energia para as obras de artes. Celebravam os eventos com esplêndidos festivais. No geral, eram muito felizes.

O rei Lyandir estava desapontado que a maioria deles não seguia seu exemplo de levar uma vida frugal e sensata, algo que o perturbou durante anos. Finalmente, ele decidiu que seus súditos simplesmente não entenderiam o quanto poderiam realizar, se não perdessem seu tempo nestas frívolas atividades. Pensou que talvez o que eles precisavam era de mais exemplos.

Então decretou que todos os novos edifícios seriam simples, sem decoração e que não deveriam superar o tamanho necessário para sua função. As pessoas não ficaram felizes com isso, mas amavam seu rei e respeitaram a nova lei. Em pouco anos, havia edifícios mais simples, mas ornamentados. Os cidadãos usaram o dinheiro guardado para fazer e comprar artes ainda mais exuberantes e aumentar ainda mais o excesso em suas comemorações.

De novo, o Rei Lyandir decidiu dar a eles um rigoroso exemplo de como seria benéfico usar seu tempo e recurso para fins mais práticos. Baniu todas as obras de arte da cidade. As pessoas ficaram tristes por isso, mas sabiam que o seu rei estava fazendo o que achava ser o melhor para eles. Contudo, não é tão fácil renegar a natureza. Em poucos anos a cidade estava repleta de planícies e edifícios simples, sem nenhum tipo de arte. Contudo, as pessoas agora tinham ainda mais tempo e dinheiro para usar em festas e festivais.

Com um peso no coração, o rei Lyandir decidiu que seus súditos deveriam ser tratados como criança. E como toda criança precisariam de regras e disciplinas feitas por grandes figuras de autoridade para fazê-los entender o que realmente importava na vida. Então decretou que não poderia haver festas na cidade. O canto, o baile e a música estavam proibidos. Incluindo a bebida e comida, que se limitou a água e alimentos simples.

As pessoas tinham o suficiente. Revolta estava fora de questão, o rei Lyandir tinha um exército bem treinado e equipado. Os cidadãos visitaram em massa santuários e templos, orando a todos os deuses e também para alguns dos príncipes Daédricos para que o rei renunciasse a essas novas e opressivas leis.

Sheogorath escutou suas preces e decidiu visitar o rei Lyandir. Ele apareceu para o rei em seus sonhos num campo de flores, cada uma delas com braços em vez de pétalas e a cara do Deus Louco no centro. "Sou o senhor da criatividade e dos perturbados. Como que você não quer usar meus dons de criatividade, decidi abençoar você com a abundância de meu outro dom".

A partir deste dia, cada criança nascida na cidade, nascia demente. Como os bebês não manifestam esta doença passaram vários anos sem que ninguém soubesse o que tinha acontecido. O próprio filho do rei estava entre as vitimas, sofrendo de convulsões e desilusões. Mesmo assim, o rei se recusava a mudar seus ideais.

Quando seu filho, Glint, estava com 12 anos, esfaqueou seu pai quando estava dormindo. Com seu último suspiro, o rei Lyandir perguntou, "Por que?" Seu filho respondeu, "Esta era a coisa mais prática que eu poderia fazer".

O novo e jovem rei ordenou a morte de todos os servos do palácio. A seguir, ordenou um grande festival para celebrar seu novo reino e anular as leis de Lyandir. Serviu ao povo um ensopado dos servos mortos no palácio. Ordenou que as paredes de todos os edifícios do leste fossem pintadas de vermelho e as do oeste pintadas com listras. Decretou que todos os cidadãos usassem máscaras ornamentadas na cabeça. Então queimou o palácio e iniciou a construção de um novo.

No novo palácio, o jovem rei ordenou que seus aposentos não teriam nenhuma porta pois tinha medo que pequenas criaturas do bosque o atacassem. Ordenou que não tivesse janelas por medo do sol e a lua estarem com inveja e conspirassem em sua morte.

E assim acabou a linhagem do rei Lyandir. As pessoas da cidade retornaram para suas maravilhosas obras de arte e estridentes celebrações. Conversavam e atuavam como se tivessem um rei vivo e ainda mantiveram o palácio o usando como casa para cuidar de seus filhos dementes. Sheogorath ficou muito satisfeito com aquele resultado. A partir deste dia a cidade foi abençoada com mais artistas de talento e cidadãos dementes.

A competição de Wills

Um poderoso mago chamado de Ravate caminhou pelos ventos do tempo para encontrar Lorde Sheogorath. Sua intenção era obter um favor do mais caprichoso dos príncipes Daédricos. Quando encontrou Sheogorath, Ravate falou humildemente para ele, "Lorde Sheogorath, peço um favor para você. Eu gentilmente conduziria mil homens loucos em seu nome se você me concedesse grandes poderes mágicos".

Felizmente para Ravate, Sheogorath estava de bom humor. Ele propôs um jogo, "concederei seu desejo se você ainda estiver são em três dias. Durante esse tempo, irei fazer o máximo para você ficar louco. Isto deve ser muito divertido".

Ravate não tinha certeza se era um bom trato. Realmente queria conduzir mil homens loucos. "Lorde Sheogorath, lamento ter perturbado você com meu pedido tão banal e egoísta. Retiro meu infortunado pedido e irei humildemente deixar este lugar".

Sheogorath apenas respondeu, "agora é tarde poderoso Ravate. O jogo já começou e você deve jogar". Ravate fugiu, porém descobriu que todas as saídas do reino Daédrico estavam seladas. Ele vagou sem rumo, constantemente olhando por cima do ombro, sobressaltado com qualquer ruído. Cada momento trazia um novo terror, como ele já esperava de Sheogorath.

Depois de três dias, Ravate estava convencido que qualquer planta e animal era uma ferramenta de Sheogorath. Ele não comeu ou bebeu por medo de que Sheogorath tivesse envenenado a comida ou bebida. Ele não dormiu por medo de que Sheogorath invadisse seus sonhos. (O qual era estupidez, pois os sonhos são o domínio de Vaermina e ela pode conceder sonhos repousantes.)

Foi então que Sheogorath apareceu para ele. Ravate chorou, "Você tem colocado o mundo inteiro para me vigiar! Cada criatura e planta estão fazendo de tudo para me deixar louco".

Sheogorath respondeu, "Na realidade, não tenho feito nada. Você conduziu a loucura a você mesmo com seus medos. Suas ilusões provaram que você está realmente louco e por isso venci. Enquanto você queria fazer mil homens loucos, eu apenas queria destruir a mente de um homem, a sua".

A partir daquele dia Ravate se dedicou a atender qualquer capricho de Sheogorath. Cada vez que algum viajante tentava se aproximar de Sheogorath, Ravate avisava a eles, "Sheogorath já esta dentro de cada um de nós. Você já está perdido".
Postado há 30th December 2013 por GamerMTM

Marcadores: Mitos de Sheogorath

quarta-feira, agosto 05, 2015

Relatório de Feriados para a próxima estação

por Papa Anderson Victorious Molotov Dias, o Lunático

Faltam 00002 dias para o último dia da Confusão, e 00003 para entrarmos na Burocracia - que é a pior estação na minha vã opinião.

Na estação da burocracia temos 00011 feriados (contabilizados multiversalmente).

Um feriado no dia 00005 (Espinho-Espinho), o Zaraday, que é referente ao Santo Burocrático, Zarathud, que é conhecido por desafiar as pessoas na frente dos seguidores, e que desafiou até mesmo a Sagrada Chao. A comemoração do Zaraday se resume a entalhar um Pentarroto numa pedra.

No dia 00050 é o Burofluxo, que é o fluxo da estação, - é possível se avistar várias novinhas e novinhos, pelo menos no Brasil - no Burofluxo, tem diversos tipos de comemorações, eu vou listar as minhas favoritas, porque eu sou um puto, e vocês podem encontrar comemorações na internet, ou criar suas próprias. A primeira é conhecida como 'Sacrifício dos Clips de Papel', que se resume a pegar clips de papel (que chamamos de vítimas), e retorcê-los, queimá-los, matá-los, amá-los, casar-se com eles, bater neles, levar eles em um jantar romântico, pedir divórcio, ingerir, congelar, digerir, expelir, regurgitar, ficar de luto, mascar, abandonar, pedir perdão, ou qualquer outra coisa que não faça muito sentido (a ordem pode variar, eu acho), o número de vítimas é calculado pela regra dos 5. Assim que pegar um número dentro da regra, você aplica a equação: n*(((00003+00007+00009+00001)*00003+00040)/00020), ou não, claro. A segunda maneira é fazer um bolo com a cara de um político, ou uma política, - alô Dilma, Cunha, Aécio, se preparem - aí você transa com o bolo, ou castra ele, fica a sua escolha (transar com bolos é tão gostoso quanto com animais, eu garanto).

Já os feriados não listados no Principia Discordia, mas que são uma convenção multiversal de discordianos, que inglês é chamado de Whollyday, eu não sou bom em traduzir trocadilhos, though.

Nesse mês temos 00009 Whollydays. Muitos desses feriados aparecem no Principia Harmonia. Nota: Vou colocaram a maioria dos títulos em inglês, aí se alguém quiser traduzir.

O primeiro se passa no dia 00003 (HoradoBum) da burocracia, que é daqui 000005 dias (assim como Zaraday é daqui 00007 dias), que é "Dia Multiversal da Roupa Íntima". Por ser um feriado, você pode muito bem pedir o dia de folga e ficar de roupas íntimas em sua casa, se o seu chefe se negar a dar o dia de folga, fale que sua religião exige que você vá de roupa íntima ao trabalho.

Depois vem o Festival "Hanky-Panky Spankies", que se assemelha muito a festa de palmadas, dAs Consquências. Esse festival ocorre no dia 00018 da Burocracia, ele não é bem um festival, tá? Eu menti, e todos outros discordianos no multiverso a fora também. Mas ele se resume a juntar familiares e amigos que adoram levar uma palmada (um tapinha não dói, não é mesmo?), e vocês ficarem se batendo (de uma forma totalmente sexy, por favor) até alguém ter um orgasmo, sei lá, os registros são bem vagos. Os registros tem alguns vídeos, mas eles são bizarros demais, e eu me arrependo de tê-los vistos, por isso não mostrarei a vocês.

No dia 00033, tem o 'Cat dancing, foot fetish day', também chamado de "Pussyfoot day". Nesse dia você pode dançar com um gato, ou dançar com uma pessoa que tem um gato, ou qualquer coisa que envolva gatos e dança (conceitos variam de pessoa pra pessoa), ou qualquer coisa relacionada com pés porque, veja bem, pés dançam e tal. - Nota de Rodapé: Chantilly e chocolate fazem uma boa cobertura para os pés, somente fetichistas avançados devem usar CATchup.

No dia 00037, temos o dia para celebrar a 'massa do planeta Éris', às vezes chamado de 'massa do planeta Éristótles'. Por mais que seja um planeta anão, acredito que ninguém aqui tenha preconceito com anões. Éristótles foi uma importante profeta para os 'Místicos da Harmonia', não sei se alguém gosta deles, ela tinha Nanismo e criaram ela como se ela fosse um menino. Interessados na história, deem uma olhada em "The Mythicism of Eristotle", ou algo assim.

No dia 00055, temos o 'Banque de São João, o Blasfemista', que é um feriado copiado dos Pastafarianista - oh yeah, chupa seus espaguetinhos -, onde pessoas bonitas se vestem de strippers e dançam, e como somos todos feios aos olhos de Éris, estamos salvos dessa visão do inferno! Por ser um feriado pastafarianista, os caras comem macarrão em uma praça qualquer. Deveríamos nós comermos maçãs? Sei não, hein.

No dia 00057, temos o dia para homenagearmos a cabala de crianças discordianas, o "Shamlicht Kids Club" (adicione um day no fim do nome do clube, para nomear o feriado), nos EUA, as pessoas levam biscoitos para escolas de crianças. Gostaria de ressaltar que esse feriado é importante, pois nenhum adulto sai da infância, e existem crianças mais maduras que o Timóteo Pinto (não tome isso como uma ofensa), em muitas partes do multiverso.

No dia 00059, temos o 'Gonculator Day', que é o dia onde tiramos o dia para apreciarmos as impressionante e sofisticadas máquinas que não fazem absolutamente nada demais. A galera geralmente procura esse tipo de equipamento inútil em seus escritórios, e tentam revender eles para os próprios chefes.

No dia 00060, temos a comemoração do 'Dia do Chapeleiro Louco', que também pode ser comemorada no dia 00015 da Confusão. Esse feriado também é conhecido como o dia da mentira, e é comemorado por carascinzas no 'primeiro de abril', acho que abril é uma estação deles, não tenho certeza. O nome do feriado é baseado no Santo Discordiano Chapeleiro Louco, do maravilhoso livro discordiano "Alice no país das maravilhas".

No dia 00066, temos o dia de 'Recordação do Habeas Corpus', onde é celebrada a morte de Eristótles em 1782 YOLD. Também é o dia em que o Brasil conseguiu um Habeas Corpus, o que levou a declaração da independência e blá blá blá;

E esse é o relatório do Papa Dias*, sobre os dias importantes dessa estação!
*Também conhecido como Anderson Victorious Molotov Dias, o Lunático*
 -><- p="">
Nota: Eu vou tentar trazer uma lista similar a cada dia 70 da Estação, sobre os feriados da estação seguinte.
Nota00002: Começando por esse mês, porque eu me converti ao discordianismo na metade da Discórdia, e durante a confusão, eu tentei falar os feriados conforme eles aconteciam, no chat da cabala, mas eu não lembrava de todos, então vou montar uma lista, e sempre recorrer a ela nos dias, então vou ficar spammeando quando for um feriado, nos grupos discordianos.
Nota00003: A lista eu postarei só no grupo Discordian Memes, por motivos de preguiça, o que não impede vocês de copiar e colar em blogs e outros grupos discordianos.
Nota00004: Se alguém conseguir traduzir os feriados e os Whollydays, me passem os nomes, ou se houver uma lista já, me passem para eu alterar e tal. Feriados criados aqui no Brasil, pelas cabalas (quantas cabalas tem no Brasil? 16, 18?), podem ser enviados para mim aqui, para eu adicionar à lista.
Nota00005: Era só o que eu queria dizer mesmo, mas a adicionei a 5ª nota por motivos sagrados. Salve Éris.