#TheGame23 - Enter the Rabbit Hole








Project 00AG9603 - #TheGame23 mod 42.5 level 5

"00A G9603 develops as a self-organizing organism, connects with the virtual environment through its hosts (admins) by arranging the surroundings randomly for its own autonomous purpose" - Timóteo Pinto, pataphysician post-thinker

"00A G9603 se desenvolve como um organismo auto-organizativo, conecta-se com o ambiente virtual através de seus hospedeiros (admins) organizando os arredores randomicamente para seu próprio fim autônomo" - Timóteo Pinto, pós-pensador patafísico



domingo, junho 19, 2016

A CAPTURA DOS ANUNNAKI NO ESCURO

Texto Originalmente copiado do Le Discordia

Há muito tempo, quando os unicórnios viajavam pelos arco íris feito de açúcar, um bode chinês sempre alertava sobre a infestação de elefantes na cidade. Não que isso fosse mudar a concepção sobre os unicórnios, mas era importante falar sobre isso. O bode chinês era um Anunnaki, e por falar verdades mentidas, ele era perseguido pelos androides. Os robôs de carne invocavam o sábio chinês para lutar verbalmente contra o bode. O sábio dizia: “Não se pode enxergar no escuro!”. Então o bode tinha que se defender: “ O escuro não foi feito para ser enxergado”. O sábio olhou espantado e reargumentou: “ Então o escuro verá!”. O Bode olhou encurralado e finalizou: “O escuro é visto apenas pelo cegos”.

O vácuo se formou e os unicórnios foram engolidos por Anunnakis no meio da escuridão e junto com eles os números primos.

No escuro eu tenho a glândula pineal fortificada e posso ver a sua escuridão luminosa.
Não que se possa ver, mas sim, ver.
Entendeu? É igual a matemática. Sinfonia de fogo etc...
Pôneis.


quinta-feira, junho 02, 2016

Meu Amigo Russo

SOBRE O DISCORDIANISMO RUSSO E ESTRATÉGIAS FNORDIANAS
"Um empreendimento que se seguiu desde o começo do ano de 2016"

russo
Sempre fui de realizar MindFuck. Sempre gostei de conspirar e de enlouquecer os que me rodeavam. Por que? Não faço ideia!
Com o passar dos aprimoramentos nas táticas fnórdicas, observando e experimentando, foi que tive uma ideia. E essa ideia começou na KSTXI.
KSTXI foi/é uma ideia FNORD que tive para colocar o discordianismo na lista dos conspiradores. Ok, o discordianismo já está inserido na lista, mas eu queria uma lista que não fosse underground. Tentando elaborar algumas ideias com meus amigos da Ordem, criando vídeos, etc... Foi então que decidi fazer um perfil anônimo para que pudesse ele depois espalhar a ideia.
Eu fiz um perfil do Timóteo Pinto em meados janeiro, mudei a foto para um azul e pronto. Conta no facebook feito.
Então comecei a montar um personagem enigmático. Ele seria estrangeiro. Mas de onde? O que seria o mais incomum?
Rússia! O meu personagem será russo!
Após fazer o personagem, postei algumas frases em russo com a ajuda do tradutor e assim fui. Solicitei entrada em alguns grupos discordianos brasileiros e principalmente grupo russos para dar consistência ao personagem. Foi então que surgiu a pergunta:
“Existe discordianos na Rússia?”
Essa questão ficou na minha mente por alguns dias. E o mais interessante é que eu não tinha ideia de como achar um.
Por que eu queria achar um russo discordiano? Para poder saber como eles são e agir como eles... Assim eu daria mais “vida” ao personagem.
Perguntei ao Brenton, o mesmo do Chasing Eris, que viaja conhecendo discordianos por ai. Perguntei se ele conhecia algum, mas ele não pode me ajudar. Aliás, disse que até se interessava, mas nunca conseguiu encontrar um.
Nos grupos disco dos EUA procurei por alguns, mas sem sucesso. Poucas interações e apenas isso.
Me perguntei: “como vou achar um russo discordiano? Um discordiano já é difícil, imagina um russo discordiano. Quais as probabilidades??
Foi então que comecei minha empreitada.

Por favor... baixe o arquivo Meu Amigo Russo, da qual contém a história toda. Julguei ser melhor deixar no arquivo PDF por causa das conversas copiadas, que não deu de salvar em imagem.

Mais informações e o Principia Discordia em Russo, em Error23