terça-feira, abril 07, 2015

SANGUE DE HERÓIS

Talvez eu não goste, mas eu não tive escolha e em algum lugar eu pensava que sabia de tudo. O mundo sangra em sangue de heróis disfarçados de vozes mudas que gritam em ouvidos aleatórios perguntando onde foi parar a matriz divina do caos absurdo.
Se estiver complicado de entender é porque você está sob o efeito da barreira pineal. Tome uma água, respire profundamente, conte até 1.000.000 e retome o texto.
Agora que você não fez o que eu aconselhei, terei que ser mais eloquente, mas isso não significa que conseguirei depositar em sua mente a mensagem subliminar.
As ideias são iguais a saltos quânticos que sobem de nível energético e lançam fótons de pensamentos para o plano físico. A sociedade mais que uma organização viva é uma entidade de pensamentos. Parece um jogo de vídeo game.
O sangue derramado em vão é tão inútil que serve para somente alimentar o ego. Eu escrevia e pensava sobre o assunto, o assunto que faria do Homem um ser mais divino ao controlar o seu animal interno, mas já cansei de fazer isso.
O Homem por completo jamais terá  um animal enjaulado por vontade própria, ele é o animal. Os seres mais espiritualizados são tão... sei lá que nem consigo descrever. Deve-se abster-se de todos os impulsos e isso é deixar de experimentar parte da vida. Talvez o controle lhe dê poderes, afinal de contas o segredo hermético reside na solidão, mas isso dói.
Todo processo de transmutação gera dor. Os tempos em que estive com minha glândula pineal me deram oportunidade de compreender alguns poucos percentuais de como o universo funciona e entender algumas de suas leis.
A lei da polarização, por exemplo, indo além de um positivo e negativo, ou o “acima e o abaixo” de uma mesma natureza. Pude avaliar a interação desses. A necessidade dos polos é que para ter resultado a uma ação, deve-se ter reagentes iguais em uma reação química. A energia de entalpia é o que o resultado nos mostra. A entropia é alterada por magos de mentes poderosas.
Uma mistura de leis e princípios forma um dogma individual que forma barreiras. Eu quando descobri o discordianismo aprendi a ver o que estava fora da matriz padrão que todos vivem. O humor que havia se extinguido e um pouco mais sobre absurdos. É natural que magos se identifiquem com o caos, afinal de contas fazer e compreender coisas que o comum desconhece é um ato de discordianos.
Magos atuam com a imaginação e Vontade e isso implica em uma infinidade de possibilidades executáveis e o discordianismo vem para quebrar qualquer barreira à imaginação.
Se Crowley escreveu o livro da lei como ele escreveu, por que julgar os textos NonSense dos discordianos? Vai aqui abaixo um trecho aleatório do livro da lei:

5. Ajuda-me, ó guerreiro senhor de Tebas, em minha desvelação diante das Crianças dos homens!
6. Se tu Hadit, meu centro secreto, meu coração & minha língua!
7. Vede! É revelado por Aiwass o ministro de Hoor-paar-kraat.
8. O Khabs está no Khu, não o Khu no Khabs.
9. Identificai-vos pois com o Khabs, e vede minha luz derramada sobre vós!
10. Que meus servidores sejam poucos & secretos: eles regerão os muitos e
conhecidos.
11. Estes são tolos que os homens adoram; seus Deuses & seus homens
são tolos.
12. Aparecei, ó crianças, sob as estrelas, & tomai vossa fartura de amor!


21. Nós nada temos com o incapaz e o expulso: deixai-os morrer em sua
miséria. Pois eles não sentem. Compaixão é o vício dos reis: calcai aos pés os desgraçados & os fracos: esta é a lei do forte: esta é a nossa lei e a alegria do mundo. Não penses, ó rei, naquela mentira: Que Tu Deves Morrer: em verdade, tu não morrerás, mas viverás. Agora seja isto compreendido: Se o corpo do Rei se dissolve, ele permanecerá em puro extase para sempre. Nuit! Hadit! Ra-Hoor-Khuit! O Sol, Força & Visão, Luz; estes são para os servidores da Estrela & da Cobra.


Mais que um salto quântico quando eu li o Princípia Discórdia, eu tive uma fissão nuclear em minha mente que de prontidão eu comecei o quão tolo eu estava sendo. É mais  ou menos o que Andressa Urach sentiu na quase morte, as coisas se tornaram tão pequenas! As coisas são pequenas diante de uma iluminação! A mesma coisa que senti ao compreender as leis da magia.
O que um discordiano deveria escrever? Sobre qualquer coisa! E qual a missão de um discordiano? Sei lá! Seja qualquer coisa! Essa é a lei do discordiano que Sheogorath, amante de Éris disse! Seja lá o que você for! Seja apenas você! Escute sua glândula pineal!

Eu vejo que nós discordianos estamos tentando mostrar uma realidade alternativa que pode existir se as pessoas assim desejarem! Levar ao pé da letra a máxima de Crowley: Faze o que tu queres! Há de ser tudo da lei. A máxima mínima do discordianismo é:
Se estiveres em dúvida, diga foda-se. Se não estiver, fique!

A máxima de Dark Night, em seu livro o Livro de Wabbajack, é:
“se quiser fazer, faça!”

A realidade quem molda é você! Diante de tantas informações, verdades e mentiras, ilusões e realidades misturadas em uma dimensão só! Em que acreditar? Sua mente, aparelho digestivo das impressões informativas do ambiente onde você está é que mentirá ou não a você. Os seus sentidos lhe darão bites de informação, sua mente vai ler e Você, não a sua mente, vai escolher no que acreditar.

A complexidade de saber o que vem ou não, o que é verdade ou não, o que é realidade ou não, o que é sonho ou não é o que fará de você, Você!

Aqui abaixo está um texto retirado do Livro das Almas que ilustra um pouco pior o que eu vos digo:

18
1. Os mais que percorrem sem orientação se tornam menos.
2. Por mais que consiga acreditar em suas palavras, um dia verás que era uma visão distorcida da realidade.
3. Não pare para acreditar nos outros. Viva um universo interior. A confusão e a indecisão aparecem quando estamos fora do nosso universo e divagamos até nos perder. Saia de si, mas não para muito longe.
4. A redondeza é perigosa, portanto saia aos poucos ou então vá acompanhada.
5. A bolha que nos rodeia é o nosso universo, nosso mundo. Quando confiamos em alguém a bolha se abre, quando não confiamos a bolha se fecha.
6. A luz do sol traz a energia de um mundo distante, oito minutos é o tempo que ele leva para chegar até nós. Oito minutos vagando no vácuo darknoso.
7. Cada mundo individual é pintado de uma cor. Não existe cor perfeita. Todas são de alguma forma.
8. Para tocar é preciso se aproximar. Para se aproximar é preciso comunicação Para ter comunicação é necessária uma aproximação. Tudo está interligado. Não existe aproximação sem comunicação e não existe o toque sem as outras duas.
9. O amor pode se tornar ódio devido ao axioma da polaridade. O amor e ódio são de mesma natureza, porém são os extremos. Um ódio também pode se tornar amor.
10. Quando a alma se agarra em algo se sente amor. O amor é aprisionamento de almas
11. Não desista de seu universo. Seu universo é o que há de mais precioso. Você é o soberano de seu universo e você precisa construir um império sob a coordenação da vontade.
12. A meditação é uma forma de entrar no próprio universo.
13. O universo interior é o reflexo de suas ações e sentimentos.
14. O ser humano em equilíbrio possui um universo divino.
15. Um amor é como um mar em tempestade que varre o equilíbrio porque arranca a alma.
16. Não julgue os universos distantes. Cada universo possui um sistema de regras e leis próprias como a que o seu tem.
17. Um grupo de pessoas é equiparado à uma galáxia de estrelas.
18. Tempo e energia é o ingrediente para mudança.


A visão ontológica que discordianos tentam passar é uma libertação total da realidade subjetiva sem sentido que faz falsas prisões. O FNORD é a palavra de doutrinação e depois de usar ela, as pessoas me perguntam o que é FNORD. Ai explico e elas não compreendem. Eu falo: se estivesse entendendo, ai sim eu iria ficar surpreso. E não me entender não faz de você uma pessoas não especial. Ninguém entende  outro por completo. Cada universo tem suas leis e elas mudam!

Escrevi isso como sempre faço em textos discordianos. Sentei aqui, deixei minha mente divagar e fundir-se no ambiente e então comecei a escrever. As músicas vão passando e ideias vem e então misturo nessa sopa. Quem escuta Megadeth sabe que uma das músicas deles é “Blood of Heroes”.

Estou com livros em pdf abertos para depositar informações adicionais. Um novo pensamento filosófico que surgiu com Robert Anton Wilson não pode morrer com ele, os discordianos devem continuar a pensar e tentar libertar vossos irmãos da prisão de ventre.

Discordianos são iguais a maçonaria, eu diria mais secretos ainda, pois a (des)ordem é sem base alguma (no sentido de ser onipresente, base sólida e fixa), nem mesmo os discordianos sabem quem são os outros irmãos. Ninguém conhece a palavra sacra, além dos discordianos (ou “discordialistas” como alguns chamam).

Eu evito de dizer que sou discordiano para que não me perguntem o que isso é, pois já me cansei de explicar algo que eles não entendem... Prefiro escrever por aqui e deixar o caos cósmico levar a mensagem a quem tem maturidade suficiente para ler!


FNORD

>DARK NIGHT<


POEE

Nenhum comentário: