domingo, junho 19, 2016

A CAPTURA DOS ANUNNAKI NO ESCURO

Texto Originalmente copiado do Le Discordia

Há muito tempo, quando os unicórnios viajavam pelos arco íris feito de açúcar, um bode chinês sempre alertava sobre a infestação de elefantes na cidade. Não que isso fosse mudar a concepção sobre os unicórnios, mas era importante falar sobre isso. O bode chinês era um Anunnaki, e por falar verdades mentidas, ele era perseguido pelos androides. Os robôs de carne invocavam o sábio chinês para lutar verbalmente contra o bode. O sábio dizia: “Não se pode enxergar no escuro!”. Então o bode tinha que se defender: “ O escuro não foi feito para ser enxergado”. O sábio olhou espantado e reargumentou: “ Então o escuro verá!”. O Bode olhou encurralado e finalizou: “O escuro é visto apenas pelo cegos”.

O vácuo se formou e os unicórnios foram engolidos por Anunnakis no meio da escuridão e junto com eles os números primos.

No escuro eu tenho a glândula pineal fortificada e posso ver a sua escuridão luminosa.
Não que se possa ver, mas sim, ver.
Entendeu? É igual a matemática. Sinfonia de fogo etc...
Pôneis.


Um comentário:

Anônimo disse...

pôneis! Evidente.