segunda-feira, fevereiro 23, 2015

AS IDEIAS DE SHEOGORATH E SUA AFICÇÃO POR QUEIJOS



1.      Queijo senhores! Sim, ó homem de Satanás! Queijo em suas entranhas me proporcionam felicidades sangrentas. Capangas inúteis da quinta associação Daérica! Inúteis criaturas que odeiam queijo e presunto!
1.      Rissoles (????) de queijo e de presunto para o herói que proclamar a felicidade triste de um pobre rico. Culpe psicólogas que fazem teste de psicotécnico. Aqueles que acudam mais que merecem... Queijo!
2.      Hmmm... cabeças humanas em prol de uma política mais sadia. É da perdigão. Se fosse de queijo...
3.      Eu sou o Lorde Daédrico da Loucura, meu jovem! HAHAHAHA.... insano é a sua mente caótica desordenada. Que dizer de  políticos certinhos? Os mais corruptos são mais engraçados. A piada não possui graça para as vítimas!
4.      O cretino poder da insanidade que provoco ao tocar (pareço Jesus da loucura) me faz o que sou. Eu lhe toco com a mente, humano.
5.      TRAGAM! TRAGAM-ME A CABEÇA  de um pônei e faremos festa diante das estrelas lindas. As crianças dançam nuas para o deleite do perturbado. Não gostas?
6.      Aquilo que nunca compreendi foi um suspiro de mais um insano ser das turbulências mentais. Caiu shampoo no meu olho. Maldição!
7.      Quero pizza. Alguém liga para uma pizzaria, por favor?
8.      Não estou querendo desviar de assunto, o problema é que a solução é sempre ácida. O meio básico deixa a pele com  uma sensação ruim.
9.      Aquele que ler isso cairá em profundas iluminações mentais do que é ser... Uma criatura de luz? Sim! Não. Eu sim. Quê?
10.  Olhe para seu braço. Diga a utilidade dela. Não? Ok.
11.  Sofra imortal das trevas! Caia diante de sua culpa tola e imbecil! Paspalho (palavra bonita, não?).
12.  Anjos sangram por seus pecados. Sangram pelos olhos. NÂO! Pelo ânus. Eles sangram depois de uma fudida bem dada para um demônio qualquer.
13.  O direito estragou. As coisas unilaterais nunca são bem vistas.
14.  Hasta la próxima amigo!

Sheogorath,

O lorde Daédrico da Loucura.

Nenhum comentário: