sábado, janeiro 01, 2011

Reflexões de um Louco Embriagado de Vinho



Somos apenas Humanos
Mas queremos tudo o que as Divindades possuem
Porque as Divindades somos nós
De recomeços a recomeços
Marcamos nossos passos
Nessa areia chamada Existência
Alguns passos tropeços
Outros mais alinhados
Com aquilo que chamamos de Alma
Clamamos pela Liberdade
Mas as vezes só vemos grilhões
Fora e dentro
Somos apenas Humanos
Queremos o Divino
Ansiamos pelo Extase
Queremos cantar por toda esta grande Estrada
Desejamos aquilo que foi esquecido
Aquela sensação
Lá no fundo
Que ainda bate
Onde não foi corrompido
Pelas memorias desta Era tão vulgar
Lembranças dos Tempos
Que os Deuses ainda dançavam conosco
Dentro de nossas Mentes
E Corações
Lembranças de uma época que ainda não foi esquecida
Somos apenas Humanos
Mas queremos toda Gloria
Dos Titãs e Argonautas
Queremos navegar com os Corsários
Desbravar todos os Mares
De nossa propria Existencia
Somos os Criadores de todos os Céus e Infernos
E mesmo assim
Muitos se ajoelham pedindo
Clemência
A quem
Eu pergunto
Somos apenas Humanos
Mas queremos Tudo
Aquilo que é nosso Direito
Por nascença

Nenhum comentário: