sábado, janeiro 15, 2011

PULANDO ENTRE OS TÚNEIS

Pule! Pule!
Pule agora!
Não fique parado!
Não fique sentado!
Na frente da TV!
Sua Mente agradece!
Pule entre os Túneis!

Pule sempre!
Nunca no mesmo lugar!
Nunca a mesma idéia!
Olhe lá!
Lá na frente!
Um novo Túnel!
Te espera!
Sempre caminhando
Nunca parado!



Este texto não tem lógica!
Muito menos!
Seu autor!
Louco como um castor!
Cheio de Vinho!
Essas linhas não tem Ordem!
Leia como quiser!
De cima abaixo!
Esquerda direita!
Frente lado!
Não importa!



Quebre sempre!
Quebre tudo!
Destrua os Paradigmas!
Pule pelo Caos!
Pule pela Alegria!
Pule pelos Túneis!
Túneis Realidade!
Deixe-se levar!
Pela onda Caótica!
Não se espante!

O autor deste texto é Louco!
Chapeleiro ele é!
Pule! Pule!
Não fique parado!
Mesmo sentado!
Deixe sua Mente vagar!
Nômade sempre!
Veja lá!
Outros horizontes!
Estão a esperar!
Que não foram mostrados!
Até seu Despertar!


E novamente pulamos!
Sem rumo!
A nunca Controlar!
A bela Existência
Neste navio Pirata!
Sempre a decolar!
Em altas nuvens!
Navegando entre os Espaços!
Da Consciência a desbloquear!


E agora chega!
Já estou tonto!
Mas não se esqueça!
É apenas um jogo!
Tente se lembrar!
Nada é Verdadeiro!
Tudo é Permitido!
E agora vão!
Que este Chapeleiro!
Já está tão Louco!
De tanto pular!

Nenhum comentário: