terça-feira, julho 28, 2015

SOBRE MAÇÃ DOURADA E SUA LARVA

Uma das simbologia mais marcantes no discordianismo é sem dúvida a tal história da larva na maçã. Sabemos que uma larva em uma goiaba é sinônimo de que ela está podre. Em algumas regiões do país é bom para a visão... E em uma maçã? É diferente? Não.
A questão é que se a maçã for dourada, a larva também o será. Se uma mação for de ouro (onde se verá isso?) a preciosidade dela passará para o que nela está, mesmo que seja algo “ruim”.
A larva se torna especial assim como a maçã e essa é um dos maiores mistérios do discordianismo revelado diante de seus olhos (não deixem que te roubem...). A larva é o padre bêbado da cidade, a prostituta do bairro, o louco varrido, a irmã mais gostosa do seu amigo, ele, ela, nós, você... A larva vive em seu lar, que neste caso é a maçã. Ela está no local certo (para ela). Os que veem de fora olham por uma grade diferente.
A larva dourada tem sua preciosidade e ela deixa de ser uma simples larva. O segredo é que ela é especial pelo local da qual ela se encontra. Se a maça for dourada ela também é. Se a mação é especial ela também é.
Agora uma outra coisa... Uma maçã seria o feminino de maçon?

>< 
Discordianismo
Sociedade Fnordiana Discordiana
Mande sua crítica confusa para nossa paróquia de Nibiru.

Nenhum comentário: