quarta-feira, dezembro 12, 2007

Contos de uma experiência intermundana.

Acabo de retornar do lado azul do fundamentalismo e se lobsang rampa pode falar do Tibete sem nunca ter saído da Inglaterra eu como um bom marginal posso falar do branquino sem maiores problemas!

Em síntese, o individuo branquino sofre de crise de identidade e sempre cai em contradição. De toda a classe eles são os mais desprezáveis e imbeciloides, sua retórica consiste num aglutinado de coisas que esse tipo de ser vai percebendo e absorvendo muitas vezes a força. A característica mais detestável desse tipo fundamentalista é que é portador de paciência absoluta, sendo essa uma característica auto-destrutiva pois quando se choca com tipos alma-sebosas promiscos, sempre são mortos, dilacerados e estuprados com objetos nunca delicados.

pelo menos o lado azulado é bem mais introspectivo, acredita que eles nem são tão fundamentalistas assim... tive oportunidade exclusiva de flagrar um elemento azuloide desequilibrado confabulando consigo mesmo, como mandar a camada mais palerma do tipo para a classe vermeloide (a classe vermeloide é a classe mais perseguida dos fundamentalistas, entrando no século XXI praticamente em extinção e devido a essa circunstância, os seres dessas classe aprendem desde cedo a terem grande habilidade, ou seja... os palermas azuloides não chegariam nem a se transferir para classe vemeloide seriam aniquilados, morrendo de hemorragia pelos dedos, já que esses estariam todos no seu cu, divididos em falanges).

Eu não podia acreditar no que eu estava vendo, nunca tinha visto nada parecido, então não podia perder esta ímpar oportunidade, e num êxtase para fuder o fundamentalista, usei a arma mais mais temida por todo tipo de fundamentalista: o flagra.

EI RAPÁ!!!!!!

ia aproveitar o momento para valorizar o silêncio, olhando pra ele com ódio, deixa-lo mais tenso e tentar cavar ainda mais a cova que ia entrar em segundos. mas foi quando fui surpreendido, ele simplesmente se assustou e retrucou:

- vai olhar teu cu no espelho pra tu se assustar quando vê que ele não tem mais prega!

eu não acreditando fui para cima...

- COMO É RAPA! SEM PREGA É O CU DA CACHORA DA TUA MÃE QUE VIVE LAMBENDO A PORRA QUE SAI ESCORRENDO PELO TEU REGO DOS JUMENTO QUE TE COME FILHO DE UMA PUUUUTA! AGORA TU VAI VER O QUE É CU SEM PREGA, BILOLA SEM CABEÇA, FUCINHO SEM OLHO, BOCA SEM DENTE, MÃO SEM DEDO, PERNA SEM PÉ, OUVIDO SEM ORELHA E JOELHO SEM ROTULA PQ EU VOU ARRANCAR TUDINHO E BUTAR TUDO DENTRO DO OLHO DO SEU CU...
enquanto eu falava, o dito cujo olhava pra mim com um cara de "só era o que me faltava" e acendeu um cigarro.

eu não estava acreditando no que estava vendo, era um tipo atípico de fundamentalista, como assim... ele não temer o flagra e todo o quexão que eu botei nele, realmente era coisa do outro mundo!


... continua!

2 comentários:

Anônimo disse...

A questão do flagra me fez lembrar que isso pode ser sua consciência. Alguma personalidade mais consciente pode estar lutando contra as outras personalidades.

Timoteo Pinto disse...

anon... o caso é exatamente ao contrario as personalidades despudoradas lutam contram a consciente, no mais famoso estilo 5 contra 1.