sexta-feira, julho 15, 2011

Pelo q eu entendi...


a idéia do discordianismo seria te libertar do verbal, e não "desorganizar" o verbal. 


do caos, a origem de tudo, vem o eristico e o aneristico. (ó o tres de novo)
o verbal, mesmo desordenado ainda é sistema, ainda é aneristico!
por mais q vc foda, "subverta" a linguagem verbal,
o alfabeto tá lá, intacto, ordenado, e sendo usado! logo,
é uma subversão artificial. 

o eristico é mais ação, ou silencio. ;)

fazer, ou calar = eristico

escrever (certo ou errado) e pensar = aneristico.
caos, o sem forma, o pai dos dois.

e o fazer ou calar é mais forte, intenso,
duradouro q o escrever e pensar.

o eristico é mais potente q o aneristico.

7 comentários:

Pedro disse...

ô galeris, essa não é minha, eça de queiroz. valeu?
=D

Peterson Silva disse...

Hmmm bom, é certo, certo, certo como tudo.

Mas tem uma coisinha...

"o eristico é mais potente q o aneristico."

O próprio Principia diz que essa é a ilusão erística AEHAEHAEHAEHeaheahaEhAEhAEhAE

Pedro disse...

hahaha
não vou correr atrás do Principia pra conferir o contexto disso.
mas o erístico está para o anerístico assim como o yin para o yang, o jing para o shen.
a terra para o céu.

Anônimo disse...

O Princípio Anerístico é aquele de APARENTE ORDEM; o Princípio Erístico é aquele de APARENTE DESORDEM. Tanto ordem quando desordem são conceitos criados pelo homem e são divisões artificiais do CAOS PURO, que é um nível além do que o nível de criação de distinções.

Agora vejamos, se o anerístico é de aparente ordem. E o erístico é de aparente desordem. E para o anerístico o caos puro é pura desordem. Quem é mais próximo do caos puro vendo a coisa pelo principio aneristico? O anerístico, que nega o caos puro, querendo "arruma-lo" ou o erístico, que não se importa com o caos puro ser caos puro por ser um "caos impuro"?

Peterson Silva disse...

aEhaeahe boa, anônimo

don guakito disse...

:D :D obrigado peterson. mamãe éris mora em meus dedos e comanda a eristica da coisa. ela mora em outros lugares tb.

Fernando Beserra disse...

A discordia não é discordia, pura discordia, pois precisa discordar de si mesma..

Mas, isso pouco importa.

A irracionalidade é uma faceta do cosmo.

O fazer e o calar são apenas facetas do cosmos, assim como o pensar, o falar, o sentir, o emocionar.

Faz sentido?

Tanto faz..