domingo, novembro 21, 2010

300 Sigilos em busca de um OVNI

Vou-lhes contar minha primeira experiencia com os famigerados Ovnis, esta historia é completamente verdadeira em um sentido, possivelmente falsa em outro, talvez verdadeira e falsa ao mesmo tempo em outro angulo!

Passei toda minha vida querendo ver a porra de um Ovni, nunca vi um maledito sequer! Apenas pequenas luzes no céu a noite parecendo estrelas, se moviam e desapareciam, apenas satélites artificiais (acho eu).
Então para acabar com esse marasmo cosmico decido usar a Magia do Caos como solução! Como um Xamã do Caos Abissal começo a pensar no ritual para chamar os malemolentes ovnis e seus tripulantes aloprados!
O ritual é preparado numa noite estrelada, no quintal de minha tão amavel residencia, traço um circulo magicko com fita isolante no chão, nas quatro direções coloco uma daquelas lampadas negras pra dar um visual! Traço varios sigilos para meu intento, não consegui contar na hora por causa do vinho!
Dou play no mais nervoso psytrance que pude encontrar e começo a dançar como um epilético em culto da Igreja Universal!!!
Usando canticos que faria um Cultista de Cthulhu corar, inicio a invocação dos candangos do espaço!
Quando já tinha carregado todos os sigilos e me sentido pior que peão sendo pisado por touro brabo, caio no chão exasto! Não sei quanto tempo passou, mas ao levantar a cabeça pude ver uma certa luminosidade no céu estrelado!
Me levanto, pensando, será? Já funfou? Caciudis!!!
A luminosidade vai aumantando e tomando a forma de um objeto hexagonal, brilhante feito a porra!!!
Quando a coisa chega mais perto de minha residencia, um feixe de luz dourada dispara até meu quintal, nela se materializa um ser estranho, baixo, pele cinzenta, olhos negros e cabeça avantajada. Os maleditos Greys!!!
O bichin caminha lentamente até mim, percebo que o cinzentinho levava uma prancheta embaixo do braço.
Ao ficar frente a frente com a estranha criatura, ela me olha de cima a baixo, pega sua prancheta e uma caneta que não sei de onde tirou e me pergunta:

- Você se chama Vortek, o Xamã do Caos Abissal?

- Sim. Sou eu.
Respondo laconicamente, mais espantado que toupeira em dia de caça as lebres!

O bicho ruim me olha e diz:
- Você é um idiota.

O maledito ao dizer isso marca alguma coisa na prancheta, se vira e vai embora, entrando novamente no raio dourado e voltando para sua nave.
Fico com a cara de um lemingue que comeu cogumelos estragados!
Até hoje fico pensando na mensagem do birriguento, se mudou minha vida não sei, mas já estou pensando em escrever um livro e entrar para a comunidade Ufologica!

4 comentários:

Peterson Espaçoporto disse...

Ressuscitar Douglas Adams é o que há...

☠Neith War☠ disse...

AHAHAHAHAH O bichinho tinha inteligência afinal XD
se bem que nem é preciso ser inteligente para notar uma coisa dessas neh? kkkkkkkkk

E que porra de comentário é esse que tem que abrir um caralho de janela flutuante????
AINDA LOGAR NOVAMENTE????
SHIT!!!!

☠Neith War☠ disse...

ALÉM DE ABRIR NUMA JANELA FLUTUANTE
*TIVE Q LOGAR NOVAMENTE PARA POSTAR O COMENTÁRIO
*E DEPOIS DE TUDOOOOO ISSSO
*Service Unavailable
Error 503


Mas como este blog é do capeta o coment foi mesmo assim...o_o

Vortek disse...

Calma Neith! Calma!
Sua Nympha viciada em café!
Quem manda usar Explorer!

BWAHAHAHAHAHAAHAHAHAHAHAHAAHAH!!!!!!!!!!!