terça-feira, outubro 16, 2007

DIGA SIM À SÍSTASE

PQ NUM VÃO LEGALIZAR AS DROGUITAS
por wuming bey

O brasil é um país historicamente católico, mas, no momento, em mutação cybermedieval rumo ao templo televisivo dos evangélicos; vulgo, a crentificação dos cristãos vazios de fé. Um país, com origem imperial católica e, que, dedicado oficialmente às casas de cristo, o sisto, se quer crente, não pode ter outro tipo de pensamenbto coletivo se não o monismo. O monismo é uma doença que causa cegueira, que exclui, que fórça um caminho, eliminando todos os outros possíveis caminhos. O monismo é uma doença que moisés desenvolveu quando comeu a carne do deus cogumelo sagrado do natal shamânico flamejante, e empacou no salmo 23, do capitão clark do hang...

&qual o problema de o brasil ser monista, catolicamente com nojo de dinheiro, enquanto, imoralmente, trota rumo ao amor financeiro na imagem de um bispo catódico e crentificado? Nenhum! Se o indivíduo souber surfar nesta onda que é viver em um país onde a mente coletiva é fraca, onde pensar livremente, sem medo ou ansiedade pelos possíveis acertos e erros, é considerado ato de ignorância ou de ressentimento; definitivamente, os acomodados estão certos. é um ato de inveja contra o pensamento instituído como norma. Nenhum problema! Se o indivíduo não tiver tendências azaradas de diferenciar-se, nas escolhas pessoais, daquilo que é considerado o conjunto de costumes tradicionais, pois se tiver essas tendências azaradas, seja usando drogas, seja seguindo filosofias ou religiões pouco conhecidas, seja tendo sexualidade fora do escopo do normal, seja tendo visão política radical, seja tendo visão religiosa panteísta ou divertidamente discordiana, está fudido, pois será visto como portador da incontrolável semente do dionísio da tasmânia caoticamente quântica e, assim, receberá o belíssimo, e linearmente taxonomizado, e justificado, carimbo de louco ou pecador ou idiota ou perigoso, sendo então ou coagido, ou excluído, ou, se for fraco o bastante, poderá ser curado, perdoado e reprogramado e então, via essa tolerância que só tolera oq a ela adequa-se, incluído no brasil monista e criacionista e pseudo-científico. O monismo machuca. O não-dualismo cura. A sístase perdura e o brasileiro não desiste dela nunca.

Apresentada minha não-tão-humilde visão do que está configurado como brasil, vamos ao que importa: Tropa de elite. Filme do bom. Sem herói. Sem vilão. Sem servir os senhores da morte. Sem servir os senhores da vida. Filme porrada que apresenta uma sociedade doente. Uma sociedade dissonante. E esse reflexo é refletido no discurso pós-filme dos espectadores.

Eu pessoalmente tendi a ficar do lado do traficante e policial animal. Meu sonho de consumo raivoso é ver a polícia matando todos os pobres e os pobres estuprando todas filhas burguesas e matando todos burgueses. Os muito rico? Os ricos, o 1% de tubarões de toda sociedade, eles sempre se safam neném; há 9mil anos, pelo menos, tem sido assim, acha q vai ser diferente nesse exato agora; no final dessa merda de sociedade que você ainda insiste em servir e defender?

Eles não são chamados de tubarões a toa. Os tubarões são os ninjas do alto inconsciênte do mar. Eles são, talvez, a espécie mais antiga conhecida a ainda surfar o inconsciente da Mãe Terra. Os tubarões são os tribalistas nômades que pregam a agricultura dos corais, pois ali os cardumes se reúnem para alimentá-lo. Os tubarões espreitam. Os tubarões deixam a presa crescer. Eles espreitam. Sabem quando sangrar. Sabem quando abandonar. Sabem quando mudar. São os tribalistas nômades da ambição. Eles se colocam acima da moral dualista que impõem à nós.

Os tubarões vão seguir. E, como são filhos duma puta, com esse sucesso dos tubarões da ambição, amigos 'onheiros, as sementes persistirão. Sim. Os tubarões do dinheiro têm uma tradição no consumo de ervas psicotrópicas nas faculdades de elites que frequentam, até o filtro de conhecimento do goolge lhe permite saber disso, certo mister Clinton? Certo mister Bush? Certo mister Rockefeller? Então, amigos 'onheiros, não nos preocupemos, pois, provavelmente nós morreremos na encenação da lenta morte dessa sociedade neurótica &louca por sado-masoquismo em que, por alguma razão misteriosa, nos inserimos, mas as sementes persistirão. A natureza persiste à razão instrumental.

O filme Tropa de Elite gerou uma belíssima discussão, pois diálogo em país onde as pessoas têm poucas conexões neurais e culturais é pedir para pedra dar leite de soja, oq é até possível, já q soja e pedra é tudo filho do pai silício.

E essas discussões tendem sempre para a grande e única solução. Não sou contra uma grande e única solução, como esse vovozinho noel do kungfu mostra, há sempre uma única e ótima solução, e esta é socar o saco ou chutar o saco, ou espremer o saco do oponente. Mas para aplicar essa solução não bela, é preciso não se desejar um artista marcial honrado; esse é o segredo da loucura taoísta sem auto-imagem, o artista marcial taoísta não se deseja um artista marcial honrado, por tanto ele faz oq tem de fazer. Não é a toa que as artes taoístas são vistas como cafajestes algumas vezes.

Qual seria a grande solução uníca e espremedora de bolas escrotais?

Caso seja possível existir uma grande solução para um grande problema, minha resposta elocubrativa seria :a legalização; o descontrole do tráfico; a desistência do Estado; a perda de controle moral do ser socialmente comodista. Um só golpe. Vários vetores de destruição. Explico abaixo.

Legalização da parada toda. Liberar geral. Foder com todos. Foder com os traficantes do morro que ganham o seu. Foder com os traficantes da alta burguesia que, sim, isso existe, investem "capital de risco" no tráfico. Foder com políticos, como a dinastia Bush lá nos EUA e a parceria supranacional PT/FARC aqui na região. Foder com os poĺíticos que ganham incentivos de traficantes da alta burguesia e do morro em época de eleições. Foder com a CIA e o uso do tráfico de drogas como desestabilizador de sistemas políticos e como modo de caixa dois para operações imperialistas. Foder com os policiais que ganham propina do povo do morro. Foder com os policiais que ganham propina do burguês que compra a droga. Foder com o burguês-usuário que não vai ter mais o poder do dinheiro como escudo psíquico que lhe faz sentir-se alguém além de seu vício que se repete perante o pobre ressentido que lhe vende. Foder com o papai e a mamãe, burgueses moralistas que usam a droga como limite demonizado onde insere os problemas que sua necrose projeta sobre seus filhos, que fazem de conta desejar felizes, quando apenas os querem, inconscientemente, inseridos na mesma sociedade em que se inseriram, doa a quem doer. POIS A IDÉIA, para o burguês capitalista ou comunista, É SEMPRE MAIOR QUE O INDIVÍDUO. ;)

Claro que esse golpe de kungfu socio-político nunca irá ocorrer, pois ele beneficia quem nunca é beneficiado em nenhuma discussão iluminista de burgueses moralmente limpos: o maconheiro pobre.

Sim. Ao liberar geral, o maconheiro pobre, aquele que é morto no dia a dia pela polícia que ao morro sobe atirando pra não tomar tiro, pois é recebendo que se dá; o maconheiro pobre, aquele que é obrigado a vender droga pra burguês de classe média comprar e deixar o alto burguês lá do new-york-centre-of-barra-shopping, e o tribal-coletivista-senhor-feudal lá do topo do morro, mais ricos, muito ricos, pois nem imposto o governo pega, para não deixar dúvida que ele só iniciou a merda, e não a mantém; tudo isso o maconheiro favelado agüenta só para, então, após servir estes três micropoderes (burgues consumidor, alto burgo financiador, traficante do morro feudal) ter o direito de poder ter o direito, espiritualmente inferior para a maioria dos servos de cristo, o sisto, de fumar unzinho como parte de seu pagamento por servir de alvo para a polícia que ao matar agrada espectador de jornal que diz que diz a verdade.

Sim! O maconheiro pobre, que configura-se vendedor por impossibilidade de ser comprador, é aquele que, quando preso, é classificado pelos donos da verdade na mídia, e justiça, como traficante. Sim! O maconheiro pobre, aquele analfabeto esquecido pelo sistema do burguês que se diz preocupado com sua condição de pobre e analfabeto (desde que este pobre analfabeto aceite se tornar oq a moral pura e altiva do burguês deseja que ele se torne: aquilo que nem o burguês, hipócrita em cristo, o sisto, consegue ser). O maconheiro pobre, esse é o único que realmente teria um benefício da legalização.

Então, não, não creio que há essa possibilidade, a da legalização, pois os que discutem nas mídias controladas, i.e., tv, rádio, jornal, e internet; sim!, a internet é uma mídia controlada pelo mais sórdido de todo censor, o usuário, gaussianamente normal, da própria internet. Pois é, não só possível, como de costume, algum imbecil controlar oq pode e não pode ser discutido em seu espaço virtual; uma micro censura feita por aqueles que censuram em silêncio enquanto criticam em voz alta a censura do próximo, sonhando com uma sístase melhor que à todos inclua! "A mídia é a mensagem" significava, ao menos em teoria, outra coisa. Nesse cenário de hipocrisia, não há a possibilidade de legalização e soco no saco do estado de sístase, pois as margens estão cheias de servos do Estado de Sístase, fugindo de suas micro responsabilidades, censurando uns, acusando outros. E assim a roda da fortuna segue rodando na cinética do mistério sem fim.

Você, leitor, acha que estes burgueses iluminados vão atacar o Senhor, o qual consideram ser um bom servo do comodismo que os acalenta o coração? Aprendamos, como disse o jovem outro dia, a plantar a erva em processo indoor. :D É a única solução saudável para, seguindo dica do Dr. Leary, não termos de comprar drogas com má qualidade devido ao desejo do estado de coibir os prazeres para exibir as obrigações mecanizadas da mágica autômata dos filhos da necrópole. A Hemostasia, flexível e com timming de tragicomédia, dentro da homeostase do Sistemão do trabalho perpétuo vai bem, obrigado.

pq a cia sempre lucra com o tráfico, criado pelo Estado, após proibir oque já era consumido NATURALMENTE há milênios pelo ser humano:
http://gnn.tv/videos/1/Crack_The_CIA
pq LSD foi demonizado pela mídia, afinal, a CIA quer tudo pra ela, até minha companheira anda seduzida pelas linhas de pesquisa deles!
http://gnn.tv/videos/3/The_Most_Dangerous_Game

Um comentário:

Shit, Goddamn! disse...

Só gostaria de dizer que estou emocionado com a escalação do blog.

Salve Éris!
-><-