sábado, novembro 04, 2006

As eleições


Todos sabem sobre a existência e potência do PIPA. Nessas eleições, portanto, não poderiam ser diferentes os resultados de nosso glorioso partido; segundo FernandoR.: "Nós ganhamos no primeiro turno, mas não vamos ser eleitos, porque as pessoas estão muito preocupadas com os Fnords". Segundo Humberto Martins: "Trata-se de uma conspiração nunca antes vista na política nacional, não poderiamos esperar que algo tão turbulento, desleal e maquiavélico, como a negação do PIPA pelo TRE, pudesse ocorrer nessas eleições". Se ficamos escandalizados com tal postura, não poderia ser diferente por parte da população. Uma série de estranhezas começaram a aparecer. Cinco palhaços bebados em Mogi das Cruzes-SP sairam as ruas exigindo que todos os palhaços do mundo tomem parte de seu manifesto: "SE A PIPA NÃO VOAR, O PATO VOA" numa clara identificação com o bela-parrachianismo. "Faz-se o tempo das bolas de gude", afirmou o performacer Cinco cinquenta e cinco.

Diante de tão vil situação a comissão de frente, e de trás, do PIPA ficou preocupada com a série de tentativas de penetração na Agencia Não Uniformizada Surrealista (ANUS) da despolítica pipense. Dois integrantes do PIPA, na última sexta feira, foram presos ferozmente por agentes durante um culto a Cthulhu. Entidades intergaláticas prometeram tomar providencias perante tal situação de abuso na política brasileira. Enquanto o barbudo foi supostamente eleito, o doutor e curandeiro Timóteo Pinto continua espalhado, calsando e causando uma série de tumultos em diversas cidades brasileiras. Foi em meio ao caos que tivemos o pronunciamento de Lula: "Polvo brasileiro! Chegou a hora de afogarmos o ganso!" num discurso altamente fruto-maritimo, o senhor Lula mostra de que forma pretende sabotar o FNORD. Mas acreditamos que pau-latinamente o povo latino poderá levar a cabo a empin-ação da PIPA, para o alto e avante!

"Criança, mulher, menino, vote Fernando Rivelino!"

Ass: Timóteo Pinto, presidente desmérito.

Nenhum comentário: